login

NEWSLETTER TALENTER™

NEWSLETTER TALENTER™ ACADEMY

NEWSLETTERS

BROCHURA

CONTACTOS

MEDIA

Image

A Comunicação Interna no coração da empresa

Talenter™ Academy | Artigo de Opinião

18 de junho de 2020

O glamour associado à comunicação comercial, à relação com os media, ou até mesmo aos eventos, acabava por ofuscar a comunicação interna, relegando-a para um lugar subalterno.


Até há alguns anos, a Comunicação interna era vista como a “parente pobre” da comunicação no seio das organizações. 

Ao fazer isto, as organizações acabavam por relegar, ao mesmo tempo e para esse mesmo lugar, a importância dos próprios Colaboradores. A maioria não o fazia por mal. Fazia-o inconscientemente, acreditando que “aquele-que-tem-sempre-razão” deveria ser o foco de qualquer esforço da sua organização. Inconscientemente, acabavam, contudo, por ignorar que o ativo mais importante da sua organização é aquele que é o principal responsável pela satisfação, pela fidelização, “daqueles-que-têm-sempre-razão”.


É difícil identificar o motivo principal da viragem. Mas existiu. Podemos relevar temas como a crise de 2010 que obrigou as empresas a encontrar formas diferentes de motivar os Colaboradores; tendências internacionais que foram ganhando o seu espaço; o papel dos Recursos Humanos enquanto mais ligados à estratégia da empresa; … e muitos outros. O certo é que, no mundo e em Portugal, a comunicação interna começou a ganhar o seu espaço


Atualmente, as grandes empresas portuguesas têm equipas dedicadas à comunicação interna e as mais pequenas, podendo não ter recursos para o fazer, acabam por alocar alguma das suas pessoas a este tema. O crescimento desta área nos últimos anos tem sido brutal. De uma abordagem mais amadora, encontramos agora profissionalismo na forma como as empresas comunicam com os seus Colaboradores, acreditando verdadeiramente que ao comunicarem bem estão a envolve-los e, por esta via, a contribuir para um melhor serviço ao Cliente (aqui já não o denomino por “aquele-que-tem-sempre-razão” porque também aqui temos mudança de paradigma, o que daria para um outro artigo). 


Acredito verdadeiramente que a comunicação interna é core para o sucesso de qualquer empresa no ambiente atual. Colaboradores mais informados, comprometidos, envolvidos, felizes e orgulhosos são (mais) embaixadores da sua empresa dentro e fora dela. São motor do próprio negócio, encarando-o como seu e sabendo que o sucesso da empresa depende, em primeiro lugar, do seu papel na empresa. Ao conhecerem o “Why” daquilo que os move, levam o melhor de si para a relação com o Cliente e, nessa relação, assumem-se como os protagonistas da mesma. 


Uma aposta genuína na comunicação interna é uma aposta no próprio negócio e, sobretudo, no seu crescimento. Ganha a empresa e ganha o Cliente. Afinal, é tão melhor ser servido por quem vê, e sabe, o negócio como seu.


Comunicar internamente tem os seus (muitos) desafios. Costumo dizer que todos nós comunicamos, é verdade. Mas para o fazer bem, com intenção e totalmente focados nos resultados que daí podem advir, há que o saber fazer. Mas tudo se aprende … e quando se começam a ver os resultados, os custos rapidamente passam a ser encarados como investimento. E não é preciso assim tanto para ter resultados estrondosos.


Por: 

Pedro Morais Barbosa, especialista de Comunicação Interna da Talenter™ Academy e Diretor de Comunicação Interna do BPI.

Voltar