login

NEWSLETTER TALENTER™

NEWSLETTER TALENTER™ ACADEMY

NEWSLETTERS

BROCHURA

CONTACTOS

MEDIA

Image

O que leva uma organização a desenvolver a sua própria academia de formação?

Artigo

10 de outubro de 2019

No mercado em Portugal. as empresas começam a ter uma preocupação pela mudança do atual paradigma da formação, muito assente em sessões expositivas, pouco focadas na pessoa e no negócio.


Apesar dos custos (diretos) poderem ser mais eleva-dos. é hoje comum uma empresa criar equipas multidisciplinares, focadas no desenvolvimento de soluções customizadas de formação, que sejam capazes de dotar os seus colaboradores de ferramentas concretas que estes possam utilizar no seu dia a dia.

Na Talenter™, conscientes que somos desta nova realidade, quando visitamos um cliente procuramos conhecer a fundo a sua realidade concreta, os seus desafios estratégicos, a sua missão, os seus valores e - acima de tudo - as suas pessoas, mesmo antes de apresentarmos qualquer solução. Contudo, tenho a plena noção de que esta não é a prática comum das tradicionais empresas de formação, mais focadas em vender formações pré-definidas em catálogo do que em assumir o caminho mais difícil da customização e da cocriação, facto que se tem traduzido na descredibilização do setor da formação e na consequente aposta das empresas nas suas próprias academias. Hoje, o principal desafio passa por se conseguir o correto equilíbrio entre os desafios e exigências do negócio e as necessidades efetivas das pessoas. Para se conseguir este equilíbrio, as empresas terão de deixar as tradicionais soluções de formação ex-positiva. para apostar em novas metodologias que envolvam - e sobretudo comprometam - as suas equipas. Por outras palavras. a pessoa tem de passar a ser a raiz e o fim último de cada formação, assumindo-se como cocriadora de soluções, pois só assim se consegue o propósito e o compromisso que levam ao crescimento sustentado do negócio.

Consciente desta nova realidade, quando assumi o desafio de reposicionar a unidade de formação da Talenter™ na área de formação para empresas, cedo nos preocupámos em abraçar as chamadas metodologias "fora da caixa". como são exemplos o LEGO Serious Play. o Design Thinking ou o Storytelling, entre outras. Paralelamente. temos tido a preocupação de deixar a tradicional figura do formador orador. para apostar numa rede de facilitadores que. em vez de debitarem conhecimento. se focam em levar as equipas a desenharem (e assumirem) as suas próprias soluções de compromisso. com elevado impacto na sua realidade profissional concreta.


Por outro lado, os facilitadores da Talenter™ são paralelamente profissionais que ocupam posições de relevo em diversas empresas. facto que confere às nossas formações um cariz eminentemente prático. Este investimento tem-se traduzido na crescente fidelização das empresas à Talenter™, que vêem em nós um parceiro conhecedor dos atuais desafios do mercado.

Voltar